Borboleta, cobra e pássaros
(30x30cm)
Detalhes de um mundo perfeito
(50x50cm)
Filhos da Natureza
(30x30cm)
O arrulhar das pombas
(30x30cm)
O bando multicor
(50x50cm)
O grande lagarto amarelo
(30x30cm)
O mundo das borboletas
(50x50cm)
O ser natural
(50x50cm)

declaração do artista

Eu sou um pintor brasileiro, artista gráfico, gravador e fotógrafo. Também atuo como pesquisador cultural e escrevo sobre aspectos do cotidiano e tradições em vias de desaparecimento, principalmente aquelas relacionadas com a cultura rural no Estado do Paraná.

Minha arte está intimamente relacionada com o ambiente natural. É um interesse que surgiu em decorrência de uma infância passada na zona de fronteira agrícola e nas matas do Norte do Paraná, no Sul do Brasil.

Um tema freqüente na minha arte é a exuberância da natureza no Brasil e a crescente ameaça às terras e cultura indígenas, à medida que o desmatamento e a agricultura comercial avançam sobre os remanescentes de floresta nativa e em especial sobre os povos da Amazônia.

Ao abordar estes importantes problemas da ecologia natural e humana - que eu vejo como inseparáveis - espero contribuir para a crescente conscientização da necessidade de não apenas de proteger o meio ambiente natural, mas também a respeitar as culturas e tradições dos povos indígenas.

Enquanto o meu foco é o Brasil, muitos dos temas são de natureza universal. Tanto na pintura como na gravura, sou um autodidata.

na pintura

Para mim, pintar é uma maneira de expressar a exuberância das formas e cores da natureza. É através da minha arte, e do simbolismo inerente a ela, que eu procuro criar certo entendimento deste universo inestimavelmente rico, mas em rápida extinção. Frequentemente uso formas geométricas, as quais permitem grande flexibilidade no desenvolvimento da visão final que eu procuro retratar. Iniciei pintando com óleo, mas agora uso exclusivamente acrílico. Eu sou um colorista por natureza, trabalhando através da tela de uma maneira precisa e sistemática, desenvolvi um estilo de pintura distinto.

na gravura

Nas gravuras, por meio do uso de imagens gráficas e símbolos, procuro criar metáforas visuais sobre a natureza, a fim de promover uma compreensão mais profunda deste universo inestimável e culturalmente significativo.

Meu trabalho como gravador combina a consciência da necessidade de valorizar elementos culturais locais com uma curiosidade no uso de técnicas modernas - é uma gravura adaptada aos tempos atuais -, e isto porque faço crescente utilização de recursos tecnológicos tanto no campo da própria gravação como da reprodução gráfica por meio de impressão digital automatizada.

Desta forma, apesar de que alguns métodos de produção tradicionais estejam desaparecendo ou se transformando rapidamente, dentre eles a própria gravura mais tradicional, em meu ateliê mesmo que os novos produtos e recursos tenham o seu lugar, a gravura começa com o básico, começa com o desenho e com impressões em preto e branco.

Como autodidata, desenvolvi uma extensa pesquisa sobre nova forma de produção da matriz de impressão e, por processos de tentativa e erro, procedi a seleção de materiais alternativos para gravação e à adaptação das ferramentas necessárias para esta finalidade. Tal como nas pinturas, consegui desenvolver um estilo de gravação distinto.

EMILIO BOSCHILIA

Endereço: Rua Manoel Eufrásio, 650 - Bloco A1 - apto. 121 - Curitiba/ PR - Brasil
e-mail: emilioboschilia@uol.com.br

Ir para a página principal.

Ecompleto.com.br - Onde brasileiros compram e vendedem online.